Qual é a altura padrão da mesa de escritório?

Muitas pessoas se perguntam se existe uma altura padrão da mesa de escritório. A resposta para essa pergunta é “sim, existe”, mas isso não quer dizer que os móveis não possam ser adaptados às mais diferentes realidades.

Em geral, a preocupação com a ergonomia está presente nas empresas, especialmente por conta do PCMSO (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional), previsto na legislação trabalhista brasileira. Entretanto, com o número cada vez maior de pessoas trabalhando em home office, é possível que nem todos os móveis residenciais estejam adaptados para essa finalidade.

Qual é a altura ideal para os móveis de escritório?

Há que se levar em consideração que os valores que apresentaremos a seguir são as médias recomendadas para a população brasileira. Isso quer dizer que são levados em consideração as alturas médias de 1,60m para as mulheres e 1,73m para os homens. Assim, se você é maior ou menor do que essas medidas, a recomendação é buscar uma adaptação.

No caso das mulheres, a altura da mesa deve ser de 65 cm; a altura do assento da cadeira até o chão de 43 cm e altura do apoio de braço deve ser de 24 cm. Já para os homens, a altura da mesa deve ser de 70 cm; a altura do assento da cadeira até o chão deve ser de 47 cm e altura do apoio de braço recomendada é de 26 cm.

Qual é a altura padrão da mesa de escritório?

Qual é a altura padrão da mesa de escritório?

Para aumentar ou diminuir esses números, a recomendação é buscar móveis cuja altura seja regulável. No caso das mesas, o número de opções é menor, mas em se tratando de cadeiras, vale a pena pesquisar bastante para encontrar o modelo que seja mais confortável para você. É importante lembrar ainda que você não deve se esquecer do apoio para os pés.

Sentar-se de maneira ergonômica é fundamental

Normalmente passamos oito horas do dia sentados em uma cadeira, diante da tela do computador. Se pararmos para pensar que isso corresponde a pelo menos um terço do nosso tempo, torna-se de suma importância que essas horas sejam despendidas em um local adequado e confortável para o nosso corpo. Móveis não padronizados ou equipamentos desgastados podem fazer um verdadeiro estrago em sua postura.

Por isso, alguns conselhos precisam ser observados. Primeiramente, o monitor deve ficar ligeiramente abaixo da altura dos olhos para evitar a tensão no pescoço. O teclado e o mouse devem estar alinhados com os cotovelos. Você deve ainda adicionar um apoio de punho na sua mesa para evitar que as mãos sejam dobradas em excesso.

A postura enquanto sentado deve ser sempre ereta, a 90 graus. Quando os joelhos e os cotovelos ficam em um ângulo reto, isso minimiza as eventuais dores. Por fim, não se esqueça dos apoios para os pés, pois eles ajudam a diminuir o impacto nas suas costas.

Qual é a altura padrão da mesa de escritório?

É recomendável fazer intervalos a cada uma hora para não ficar sempre na mesma posição. Levante-se e ande pelo cômodo por alguns minutos e aproveite para alongar os braços e as pernas. Muitas doenças oriundas de lesões por esforços repetitivos podem ser evitadas se esses conselhos simples forem levados em consideração. 

Apoio para os pés: não se esqueça deles

A pandemia de coronavírus fez com que muitas pessoas passassem a trabalhar em casa, mas nem todas elas têm um mobiliário adequado para isso. Um dos itens mais negligenciados é o apoio para pés. Ele não é um acessório supérfluo como muitos imaginam, mas sim uma ferramenta para minimizar problemas de postura.

A função do apoio ergonômico para pés, também conhecido como descanso para pés, é permitir que quem está sentado encontre um ponto de equilíbrio entre a altura da cadeira e os pés. Independentemente da sua altura, o fato é que nossos pés ficam desconfortáveis com o passar das horas se não tiverem um apoio.

Qual é a altura padrão da mesa de escritório?

Por essa razão, os especialistas em saúde ocupacional recomendam que esse item seja disponibilizado aos trabalhadores, como forma de aliviar a musculatura das pernas e minimizar problemas de postura, impedindo o inchaço nos tornozelos e o surgimento de varizes nas pernas.

Suporte para notebook: para uma postura alinhada

Diferentemente do que acontece com os desktops, no caso dos computadores portáteis fica mais difícil respeitar as regras de postura, especialmente no que diz respeito a colocar a tela na altura dos olhos. É nesse contexto que entram em cena os suportes de mesa para notebooks, acessórios capazes de resolver esse problema e, além disso, aumentar a vida útil do seu equipamento. 

Os modelos mais simples servem apenas para ajustar a altura da tela, permitindo que você olhe diretamente para o computador sem tensionar o pescoço.. Algumas versões trazem recursos adicionais, como luzes RGB e cooler, agregando funções estéticas e de resfriamento para os equipamentos.

Pensando apenas na postura, fique atento às opções de regulagem. Os modelos mais interessantes têm de três a cinco opções de ajustes de ângulo e altura, o que os torna mais versáteis na sua mesa. O ideal é posicionar a tela na altura dos olhos. Por fim, há suportes que têm o recurso adicional de ergonomia, incluindo proteções para os punhos e as mãos.

Apoio para os punhos: mais conforto na digitação

Outro item essencial que deve ser considerado na sua mesa é o apoio para os punhos. Há dois tipos deles: um específico para a mão que comanda o mouse e outro para o teclado. Em ambos os casos, a ideia é diminuir o atrito dos punhos com a mesa e evitar que os braços fiquem em um ângulo muito inclinado, o que pode provocar dores nas articulações.

Os apoios para punho são feitos de material emborrachado e têm boa durabilidade. Entretanto, trocá-los a cada dois ou três anos é uma recomendação válida, uma vez que o material se desgasta com o uso e as imperfeições podem criar ondulações que tornam o uso desconfortável.

5 dicas para evitar problemas de postura

Além de montar uma estrutura adequada para muitas horas de trabalho, ainda assim é de suma importância que você se exercite de tempos em tempos. Ficar várias horas contínuas sentado diante da tela, ainda que sejam respeitados todos os pré-requisitos de ergonomia, também é prejudicial à saúde.

Abaixo, listamos alguns conselhos e indicamos alguns exercícios que você pode fazer para amenizar dores, diminuir a tensão e manter uma melhor qualidade de vida no ambiente de trabalho.

  1. Faça pausas: a cada 1 hora, levante-se e ande um pouco pelo ambiente. Isso vai estimular a circulação do sangue nas suas pernas.
  2. Reduza o brilho do monitor: reflexos de janelas e de outras fontes luminosas podem causar pontos cegos na tela. Posicione o seu monitor de forma a evitar esses pontos de luz. Reduzir a intensidade do brilho do display também irá ajudá-lo a descansar os olhos.
  3. Faça exercícios regulares: tenha uma bolinha de borracha sempre por perto. De hora em hora, segure-a com uma das mãos e pressione-a, tentando esmagar. Faça esse movimento cerca de 20 vezes com cada uma das mãos.
  4. Reduza os movimentos repetitivos: se a sua tarefa é extremamente repetitiva, tente alterná-la ao longo do dia com outras obrigações. As lesões por esforço repetitivo são causadas justamente pela continuidade de movimentos simples por longos períodos de tempo.
  5. Use apoios ergonômicos: tanto o mouse quanto o teclado necessitam de apoios ergonômicos específicos para eles. Portanto, além de adquirir produtos de qualidade, pense em acessórios para eles que o auxiliem a trabalhar de maneira mais confortável.

.....

Confira a linha de Ergonomia na loja virtual da Contabilista e proteja a saúde e produtividade do ambiente de trabalho e de lazer.